Sobre o post

Informação do Autor

Relações Públicas pela Universidade Metodista de São Paulo, é analista de comunicação em agência de assessoria de imprensa. Já atuou em departamento de marketing e iniciou a carreira com eventos institucionais. Além de jobs e freelas com redes sociais, escreve para o #blogrelacoes desde agosto de 2010 e também é uma das editoras do Blog @suaslindas, sobre assuntos ligados ao universo feminino.

Guerrilha do BEM!

Esta coluna é para mostrar ótimas ideias para inspirar e quando elas têm ainda um cunho social, aí vale MESMO compartilhar! Nós já mostramos ação do Albert Einstein para doação de sangue, o case “Esta vaga não é sua nem por um minuto!” para pessoas com deficiência, e a Carol Terra já mostrou a ação “Un post-it por el Alzheimer” e falou da aderência de campanhas com causas, como essas, nas mídias sociais. Por isso, dessa vez vou contar sobre a guerrilha da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo para incentivar a doação de órgãos.

Cenário: lá está você fazendo suas compras no mercado ou em uma padaria, sem problemas, quando pega a senha para a fila do pãozinho ou de frios, por exemplo. Como todo mundo, você deve odiar filas e espera que o seu número seja o próximo a ser atendido, certo? Mas e se você recebesse o número da posição que estaria se aquela fosse uma fila para doação de órgãos? E se o número fosse 27.951?

Veja o vídeo-case e aposto que você teria uma dessas reações também:

Essa é a ação de guerrilha “Evite filas. Doe órgãos” que contou com o apoio de alguns estabelecimentos em São Paulo no mês passado para mais esse desafio de mobilizar as pessoas com um choque de realidade que ninguém está totalmente a salvo.

CLAP CLAP CLAP!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags: , , , ,

2 Respostas para “Guerrilha do BEM!”

  1. Adorei a ação! Muito bacana, Lívia. Tenho certeza de que ações desse tipo têm grande capacidade de buzz. E assim esperamos, afinal, queremos diminuir a fila dos receptores, certo? Abs, @carolterra.

    17 de abril de 2012 at 15:39 Responder
    • Oi Carol!
      Essas ações nos mobilizam justamente pelo fator "surpresa" né?! Vamos torcer para que tenha tido resultados reais de doação, além da quantidade de buzz que já gerou.
      Obrigada pelo comentário! Fico feliz ;)
      Beijos!

      23 de abril de 2012 at 19:41 Responder

Deixe uma reposta